Skip to content

Lucas Fasson é convocado para Pré-Olímpico após corte de Matheus Dias

0Comments

Lucas Fasson é convocado para Pré-Olímpico após corte de Matheus Dias

☉ Jan 15, 2024
1 views
Spread the love

O zagueiro Lucas Fasson, de 22 anos, atualmente no Lokomotiv Moscou, é o mais novo convocado da seleção brasileira masculina Sub 23 que estreia daqui a oito dias no Torneio Pré-Olímpico, na Venezuela.  Ex-Athletico-PR, Fasson foi chamado pelo técnico Ramon Menezes nesta segunda-feira (15), para substituir o lateral Matheus Dias, cortado no domingo (14), após sofrer lesão muscular na coxa esquerda.

“Ele se apresentará à seleção brasileira em São Paulo, nesta terça-feira (16). A delegação viaja para Caracas no dia seguinte”, diz a nota oficial da CBF.

Além de Matheus Dias, outros sete jogadores convocados em 21 de dezembro do ano passado não representarão o País no Pré-Olímpico. Diferentemente da questão física, eles não competirão com a amarelinha por não terem sido liberados pelos clubes onde atuam. É o caso do goleiro Andrew (Gil Vicente/Portugal); os laterais Vinícius Tobias (Real Madrid/Espanha), Luan Cândido (Red Bull Bragantino) e Patryck (São Paulo); os zagueiros Kaiky Fernandes (Almeira/Espanha) e Robert Renan (Zenit/Rússia);  e o meio-campista Danilo (Nottingham Forest/Inglaterra). 

A seleção Sub 23 segue em preparação na sede da CBF (Granja Comary), em Teresópolis (RJ). No domingo (14), a equipe venceu de virada o jogo-treino contra o Boavista-RJ, por 2 a 1. Os gols saíram na segunda etapa.

Seleção Sub 23 venceu de virada, por 2 a 1, jogo-treino contra o Boavista-RJ, na Granja Comary, em Teresópolis, onde o elenco está reunido desde o último dia 8 – Joilson Marconne/CBF/Direitos Reservados

Quem abriu o placar foi Wellington, do Boavista. Depois, o meio-campista Marlon Gomes empatou e Bruno Gomes selou o triunfo da seleção. O técnico Ramon Menezes testou dois times em cada tempo da partida.  Na primeira etapa a seleção Sub 23 jogou com Mycael; Khellven, Arthur Chaves, Michel e Kaiki Bruno; Bruno Gomes e Andrey Santos; Maurício, Marquinhos, John Kennedy e Endrick.  Para a etapa final, o treinador manteve apenas o zagueiro Arthur Chaves e colocou em campo Kaique, Marlon Gomes, Luan Patrick e Rikelme; Ronald, Alexsander e Gabriel Pirani.

Atual bicampeã olímpica (Rio 2016 e Tóquio 2020), a seleção brasileira estreia contra a Bolívia, em 23 de janeiro, pelo Grupo A, que tem ainda Venezuela, Colômbia e Equador. Na chave B estão Argentina, Chile, Paraguai, Peru e Uruguai. Apenas o campeão e o vice do torneio se classificam para Paris 2024.

Depois da Bolívia, a seleção enfrentará a Colômbia em 26.de fevereiro, o Equador três dias depois e, por fim, a Venezuela em 1º de fevereiro. Todos os jogos da fase de grupos ocorrerão no Estádio Brígido Iriarte, em Caracas. A final do Pré-Olímpico está programada para 11 de fevereiro.

ebc
https://agenciabrasil.ebc.com.br

Esperança de justiça une mães de vítimas da violência policial no Rio

Entidades civis pedem mudança na apuração da violência policial no Rio

Voto feminino faz 92 anos; ação de ativista alagoana marca luta

Mutirão limpa praias, lagos e parques em 12 cidades

Mulher é estuprada dentro de delegacia no Guarujá

Campanha no Rio Open de tênis faz João Fonseca subir 313 posições

Temporal no estado do Rio deixou pelo menos nove mortos


Esportes