Skip to content

IML aponta que influenciador morreu por overdose de entorpecentes

0Comments

IML aponta que influenciador morreu por overdose de entorpecentes

☉ Jan 11, 2024
0 views
Spread the love

A Polícia Civil de São Paulo informou nesta quinta-feira (11) que o laudo do Instituto Médico Legal (IML) apontou que o influenciador Carlos Henrique Pires Medeiros, de 26 anos, morreu por intoxicação provocada pelo uso de entorpecentes, ou seja, por uma overdose da substância.

Henrique Medeiros, como era mais conhecido, estava desaparecido desde a madrugada de Natal (25). No dia 30 de dezembro seu corpo foi encontrado enterrado no quintal da residência de um casal de amigos onde havia passado a ceia de Natal, em Itapecerica da Serra. O influenciador digital contava com mais de 87 mil seguidores no Instagram e quase 1,8 milhão de inscritos no YouTube.

No dia 31 de dezembro, a Polícia Civil prendeu um homem de 28 anos e uma mulher de 24 anos que moravam na casa onde o corpo do influenciador foi encontrado. Eles são investigados pelo crime de ocultação de cadáver. 

Em depoimento à polícia, o casal informou que eles fizeram uso de drogas na noite de Natal, quando o influenciador passou mal e morreu. Por medo, eles decidiram enterrar o corpo do rapaz no quintal da casa

Segundo nota da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, o caso ainda está sendo investigado.

ebc
https://agenciabrasil.ebc.com.br

Mostra de Jeff Alan traz visibilidade à população negra, diz curador

Cartilha ajuda a identificar atrasos no desenvolvimento de crianças

Mega-Sena acumula novamente e prêmio chega a R$ 120 milhões

Complexo do Alemão contará com observatório do clima

Fla e Flu disputam jogo que pode definir vencedor da Taça Guanabara

PF prende suspeito de tentar invadir o Palácio da Alvorada

Sacolão popular em SP recebe primeiros alimentos fornecidos pelo PAA


Geral