Skip to content

Número de mortos em deslizamento de terra na China chega a 44

0Comments

Número de mortos em deslizamento de terra na China chega a 44

☉ Jan 25, 2024
0 views
Spread the love

25 de janeiro de 2024

 

O número de mortos no deslizamento de terra que atingiu o sudoeste da China chegou a 44 hoje, quando as equipes de socorro encontraram mais um corpo após quatro dias de buscas em escombros e sujeira, informou a mídia local. O corpo foi encontrado à noite, informou a emissora estatal CCTV, que divulgou fotos dos equipamentos e das equipes de busca que fazem parte de um contingente de mais de 1.000 socorristas que trabalham em temperaturas congelantes.

O deslizamento de terra atingiu casas na segunda-feira no sopé de uma encosta em Liangshui, uma aldeia numa parte remota e montanhosa da província de Yunnan.

Uma investigação preliminar descobriu que o deslizamento de terra foi provocado pelo desabamento de um penhasco, informou a agência oficial de notícias Xinhua.

O desastre está entre vários eventos mortais na China nos últimos dias. Também na segunda-feira um terremoto de magnitude 7,1 atingiu a região de Xinjiang, matando três pessoas, e 39 pessoas morreram em um incêndio que atingiu um edifício comercial na quarta-feira na província de Jiangxi.

 .mw-parser-output .ambox{border:1px solid #a2a9b1;border-left:10px solid #36c;background:#fbfbfb;box-sizing:border-box}.mw-parser-output .ambox+link+.ambox,.mw-parser-output .ambox+link+style+.ambox,.mw-parser-output .ambox+link+link+.ambox,.mw-parser-output .ambox+.mw-empty-elt+link+.ambox,.mw-parser-output .ambox+.mw-empty-elt+link+style+.ambox,.mw-parser-output .ambox+.mw-empty-elt+link+link+.ambox{margin-top:-1px}html body.mediawiki .mw-parser-output .ambox.mbox-small-left{margin:4px 1em 4px 0;overflow:hidden;width:238px;border-collapse:collapse;font-size:88%;line-height:1.25em}.mw-parser-output .ambox-speedy{border-left:10px solid #b32424;background:#fee7e6}.mw-parser-output .ambox-delete{border-left:10px solid #b32424}.mw-parser-output .ambox-content{border-left:10px solid #f28500}.mw-parser-output .ambox-style{border-left:10px solid #fc3}.mw-parser-output .ambox-move{border-left:10px solid #9932cc}.mw-parser-output .ambox-protection{border-left:10px solid #a2a9b1}.mw-parser-output .ambox .mbox-text{border:none;padding:0.25em 0.5em;width:100%}.mw-parser-output .ambox .mbox-image{border:none;padding:2px 0 2px 0.5em;text-align:center}.mw-parser-output .ambox .mbox-imageright{border:none;padding:2px 0.5em 2px 0;text-align:center}.mw-parser-output .ambox .mbox-empty-cell{border:none;padding:0;width:1px}.mw-parser-output .ambox .mbox-image-div{width:52px}@media(min-width:720px){.mw-parser-output .ambox{margin:0 10%}}

Conforme os termos de uso “todo o material de texto, áudio e vídeo produzido exclusivamente pela Voz da América é de domínio público”.Todo o material produzido exclusivamente pela Voz da América está em domínio público. A licença não se aplica a materiais de terceiros divulgados pela VOA.
news-wiki
https://news.wiki.br/

Líder da oposição chadiana morto em tiroteio

Médicos estagiários sul-coreanos realizam greve

Quênia e Haiti assinam acordo de segurança

Biden sugere enviar ajuda humanitária para Gaza por via aérea

Google pede desculpas após IA gerar soldados nazistas negros

Holanda promete US$ 2,2 bilhões em ajuda militar à Ucrânia

A morte de pelo menos 112 palestinos que buscavam ajuda humanitária em Gaza gera ampla condenação internacional


Wall