Skip to content

Na COP28, Ucranianos e Palestinos defendem seus argumentos

0Comments

Na COP28, Ucranianos e Palestinos defendem seus argumentos

☉ Dec 12, 2023
2 views
Spread the love

12 de dezembro de 2023

 

Sem se deixarem intimidar pelas guerras internas, as delegações da Ucrânia e dos territórios palestinianos estão activas na COP28, determinadas a chamar a atenção não só para as ameaças ambientais que enfrentam os seus países de origem, mas também a enfatizar o seu lugar na comunidade global.

A Ucrânia, que participa na sua segunda conferência internacional COP, está a utilizar o seu pavilhão no Dubai para destacar os extensos danos ambientais causados ​​pela invasão da Rússia e propor medidas preventivas contra o ecocídio à escala global.

Ruslan Strilets, ministro da protecção ambiental e dos recursos naturais da Ucrânia, disse à VOA que a delegação pretende não só mostrar as consequências ambientais e climáticas da guerra, mas também unir e envolver a comunidade internacional na obtenção da justiça e da paz.

A Ucrânia está empenhada em combater as alterações climáticas, disse Strilets.

“Apesar da guerra, a Ucrânia está a finalizar o desenvolvimento da sua arquitetura climática e a cumprir consistentemente os seus compromissos climáticos. Na COP28, pretendemos reunir ainda mais parceiros em todo o nosso país para um futuro mais verde para a Ucrânia e para o mundo inteiro”, disse ele.

A exposição do pavilhão da Ucrânia está organizada em três blocos principais. Um bloco relata uma explosão catastrófica na barragem da Central Hidroeléctrica de Kakhovka, em Junho, que inundou dezenas de cidades e aldeias e matou mais de 50 pessoas.

Um segundo bloco ilustra os esforços dos ucranianos para reconstruir rapidamente o que a guerra destruiu, e o terceiro bloco detalha o impacto que a guerra está a ter no ambiente.

Durante uma visita esta semana ao Pavilhão Ucraniano, o Ministro da Energia da Moldávia, Victor Parlicov, expressou o endosso do seu país à Declaração Ambiental COP28 e reiterou que a Rússia deveria ser responsabilizada pelos danos ambientais resultantes da guerra.

Outros visitantes do pavilhão incluíram a presidente eslovaca Zuzana Caputova e Keit Kasemets, primeiro vice-ministro do clima da Estónia.

Fontes
 

news-wiki
https://news.wiki.br/

Argentina compra 24 caças F-16 “modernizados” da Dinamarca

Gallup: A confiança nas instituições dos EUA continua a diminuir

Artigo em destaque: mulheres cambojanas enfrentam julgamento social e depressão após o divórcio

Fortes chuvas e inundações matam mais de 100 pessoas no Paquistão e no Afeganistão

Tinubu da Nigéria diz que país não pagará mais resgate a gangues armadas

Escritora presa no Vietnã será homenageada com prêmio internacional

Escritora presa no Vietnã será reconhecida com prêmio internacional


Wall