Skip to content

Bombardeio no mercado de Donetsk mata pelo menos 25 pessoas

0Comments

Bombardeio no mercado de Donetsk mata pelo menos 25 pessoas

☉ Jan 21, 2024
0 views
Spread the love

21 de janeiro de 2024

 

Pelo menos 25 pessoas morreram e muitas outras ficaram feridas, incluindo duas crianças, quando um movimentado mercado foi atacado num bairro da cidade de Donetsk, controlada pela Rússia, no leste da Ucrânia, disse no domingo o chefe da região

A Rússia culpa a Ucrânia pelo ataque no bairro Tekstilshchik da cidade. A Ucrânia não comentou a acusação e as alegações russas não puderam ser verificadas de forma independente.

O chefe nomeado pela Rússia, Denis Pushilin, disse que a área foi atingida por artilharia de calibre 155 mm e 152 mm. Ele também confirmou que os serviços de emergência continuaram trabalhando no local.

Fotografias e vídeos da agência de notícias Reuters feitos no local mostraram pessoas chorando, algumas das quais disseram ter perdido seus parentes, e corpos caídos na neve encharcada de sangue na área.

Num comunicado, o Ministério dos Negócios Estrangeiros russo qualificou o ataque de “um ato bárbaro de terrorismo” cometido pela Ucrânia, acrescentando que foi realizado “com a utilização de armas fornecidas pelo Ocidente”.

A Rússia também condenou o ataque como “um ato traiçoeiro contra a população civil”, dizendo: “Estes ataques terroristas do regime de Kiev demonstram claramente a sua falta de vontade política para alcançar a paz e a resolução deste conflito por meios diplomáticos”.

Donetsk é uma das quatro regiões do leste e do sul da Ucrânia que a Rússia anexou no final de 2022.

 

news-wiki
https://news.wiki.br/

Zelenskyy confiante que as democracias mundiais garantirão a derrota da Rússia

Selena Gomez, Linkin Park, Ludmilla e mais: confira os lançamentos musicais da semana

A Casa Branca está disposta a “aumentar o comércio e o investimento” na Argentina

La Casa Blanca dispuesta a “aumentar el comercio y la inversión” en Argentina con el nuevo gobierno de Milei

STF condena mais 15 réus pelos atos antidemocráticos de 8/1

Mediadores de paz em Paris tentam evitar a iminente ofensiva israelense em Rafah

Jovem Pan: sem acordo, Ministério Público retoma processo por cassação de concessões


Wall