Skip to content

Picanha, pão de queijo e tutu de feijão: os destaques brasileiros na gastronomia

0Comments

Picanha, pão de queijo e tutu de feijão: os destaques brasileiros na gastronomia

☉ Jan 04, 2024
0 views
Spread the love

4 de janeiro de 2023

 

O tradicional assado brasileiro de picanha foi eleito a melhor comida do mundo em 2023 no Taste Atlas, uma espécie de bíblia da gastronomia mundial. O Brasil também se destacou com o pão de queijo e o tutu de feijão, que ficaram ambos no Top 5 em duas categorias.

No geral, a culinária brasileira foi eleita a 12º melhor do mundo.

Os destaques brasileiros

Destaques

Ref

Picanha (foto)

Melhor comida (1º lugar)

[1]
Pão de queijo

Melhor café da manhã (3º lugar); Melhor pão (4º)

[2]
Escondidinho

Melhor cassarola (3º); Melhor comida (58º)

[3]
Tutu de feijão

Melhor acompanhamento (4º); Melhor prato de vegetais (5º); Melhor comida (93º)

[4]
Churrasco

Melhor churrasco (5º)

[5]
Caipirinha

Melhor coquetel (5º)

[6]
Comida brasileira

Melhor culinária (12º)

[7]
Vatapá

Melhor comida (16º)

[8]

Destaque também para as culinárias mineria e baiana, em 30º e 43º lugares, respectivamente, na categorias Melhor comida regional e para o queijo canastra, eleito o 24º melhor do mundo.

O ranking se baseia da votação de pessoas no portal do Taste Atlas. Para escolher a Melhor comida do mundo, por exemplo, o Taste explicou que há 10.927 pratos catalogados que receberam 395.205 avaliações de usuários, dos quais 271.819 votos foram válidos.

 
 
 
 
 

news-wiki
https://news.wiki.br/

SAG Awards 2024: veja vencedores da 30.ª edição da premiação

Zelenskyy confiante que as democracias mundiais garantirão a derrota da Rússia

Selena Gomez, Linkin Park, Ludmilla e mais: confira os lançamentos musicais da semana

A Casa Branca está disposta a “aumentar o comércio e o investimento” na Argentina

La Casa Blanca dispuesta a “aumentar el comercio y la inversión” en Argentina con el nuevo gobierno de Milei

STF condena mais 15 réus pelos atos antidemocráticos de 8/1

Mediadores de paz em Paris tentam evitar a iminente ofensiva israelense em Rafah


Wall