Skip to content

Dívida bilionária com a União pode fazer Rio ‘quebrar’ em 2024

Be First to Comment

Leave a Reply

Dívida bilionária com a União pode fazer Rio ‘quebrar’ em 2024

☉ Oct 03, 2023

O governador Cláudio Castro (PL) reiterou que o estado do Rio não tem condições para arcar com a integralidade dos pagamentos ao governo federal previstos para o próximo ano. Seguindo o Regime de Recuperação Fiscal, formalizado em julho  de 2022, o débito chega a R$8 bilhões. “A condição de pagamento dos estados foi alterada por uma situação fora do nosso controle, que foi uma lei federal aprovada, e não há a menor condição de a gente pagar os valores corrigidos para o ano que vem”, disse. 

Nesta terça-feira, 3, Castro de reuniu com o ministro da Fazenda Fernando Haddad (PT) para tentar diminuir o montante a ser pago a União.  “Ele (Haddad) se demonstrou muito sensível e outras rodadas vão acontecendo. A gente sabe que isso é complexo, que não é de um hora para outra”, afirmou Castro após o encontro.

Caso não haja uma renegociação da dívida, Castro prevê atraso nos pagamentos dos salários no Rio e aumento da fome no estado. O governador, no entanto, garantiu que vai honrar o pagamento de R$3 bilhões previsto para esse ano.

Além do Rio, Minas Gerais, Goiás e Rio Grande do Sul também estão em regime de recuperação fiscal.

 

 

 

Publicidade

Veja: Dívida bilionária com a União pode fazer Rio ‘quebrar’ em 2024

Leave your vote

20k Points
Upvote Downvote
veja
https://veja.abril.com.br

Em parecer favorável, relator diz que Dino tem ‘invejável currículo’

Defesa Civil de Maceió registra leve aceleração em movimentação do solo

Atingidos por desastre fazem apelo contra novo acordo de Mariana

Fux autoriza abertura de inquérito para investigar Janones por rachadinha

Maioria da população já sofreu com eventos climáticos extremos

O futuro do acordo entre Mercosul e União Europeia em xeque

A patética medalha dada por Bolsonaro a Neymar


Wall



Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.